29.11.07

Criar uma associação

Vou ao Centro de Emprego e explico que gostava de criar uma associação para famílias monoparentais. A resposta é simpática e imediata: formulários, decretos-lei e contactos para esclarecimento de dúvidas. É possível e desejável. Agora preciso de ajuda, há por aí alguém que perceba disto?

26.11.07

Casa para alugar

Na sexta-feira recebi um telefonema de uma amiga a perguntar se sabia de uma casa para alugar em Algés para uma amiga que se vai separar. Não sei quem é mas a história impressionou-me bastante: "Ela tem que sair dali porque a casa é dele, foi comprada antes de se casarem. O gajo já engravidou outra e continua a ir lá dormir. Aquilo já chegou ao limite e ela quer sair de lá com os filhos..." Primeiro que tudo, atenção a estas saídas repentinas: a casa de morada de família é legamente da família e a lei protege as crianças acima de tudo, portanto, só mesmo em último recurso se deve abandonar a casa. Calma, muita paciência, até assegurar outra casa alugada de preferência. Segundo, este abandono pode vir a ser negativo num processo de divórcio porque se trata de "abandono do lar", de uma decisão em que um dos membros do casal decide não cohabitar com o outro e, assim, quem sai não regressa facilmente. Terceiro, se a decisão estiver tomada levem os vossos filhos. Caso contrário, podem vir a perdê-los na regulação do poder paternal. Recentemente vi um caso destes em que a mãe saíu, arranjou casa, e quando quis ir buscar o filho perdeu a guarda da criança por abandono do lar. Quarto, telefonem a quem vos pode ajudar, não decidam sozinha(o)s situações que podem vir a tornar-se irreversíveis.

23.11.07

Mais um Natal

E este ano, como vai ser? Com a mãe, com o pai?

14.11.07

A Guerra da Pensão de Alimentos

"É a primeira vez nesta escola que recebemos uma declaração do pai a dizer quano paga de pensão de alimentos. Normalmente, recebemos a sentença do tribunal com o valor, a queixa por incumprimento ou uma declaração de quem tem a criança à sua guarda a dizer que não recebe nada....", palavras de um elemento do Conselho Executivo da escola da minha filha. É triste mas as crianças continuam em último lugar nesta guerra que envolve pais, mães e outros familiares; tribunais, advogados e instituições.

13.11.07

Objectivos Monoparentais

Aqui ficam algumas ideias para beneficiar as famílias monoparentais: - majoração do Abono de Família em 50% por cada filho - capitação das contribuições para a Segurança Social de acordo com os rendimentos e despesas do agregado familiar - bonificação dos créditos habitação e incentivo a arrendamento para famílias monoparentais - aplicação de regimes de trabalho em part-time para quem tem os filhos à sua guarda - criação de um serviço de apoio aos agregados monoparentais